Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Assembleia realiza debate em Caruaru sobre Polo de Confecções do Agreste

Demandas do Polo Têxtil foram ouvidas pela Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo, nesta quinta (12), durante audiência pública na Associação Comercial e Empresarial do município (Acic), em Caruaru (Agreste Central). Durante o encontro, empresários do setor alertaram para a necessidade de obras de mobilidade, reforço da segurança policial nas estradas e investimentos em qualificação. Colegiado mediará diálogo com Governo do Estado para garantir as melhorias. Presidente do colegiado, o deputado Delegado Erick Lessa (PP) falou sobre a importância do Polo Têxtil para Pernambuco. “Apesar da queda de produção a partir de 2016, o setor tem representatividade inquestionável, e já aponta para recuperação”, declarou. Em 2018, 500 milhões de peças foram produzidas. “É um número que chama atenção em qualquer lugar do mundo”, frisou. Também trouxe números levantados pela Consultoria Legislativa (Consuleg), que mostram o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de Toritama, Santa Cruz do Capibaribe (ambas no Agreste Setentrional) e Caruaru acima do atingido por Pernambuco. “Sem dúvida, é uma região com muito potencial econômico.” Também integrante do colegiado, o deputado Sivaldo Albino (PSB) destacou a importância de garantir a duplicação da BR 423 entre os municípios de Garanhuns (Agreste Meridional) e São Caetano (Agreste Central). “Estive em Brasília esta semana buscando viabilizar a obra, muito importante para garantir o desenvolvimento da região”, disse. O parlamentar adiantou, ainda, que o próximo debate do colegiado focará nas demandas de Garanhuns. Obras de transporte foram defendidas também por Romero Sales Filho (PTB), que ressaltou a necessidade de união dos parlamentares para garantir a ferrovia Transnordestina. “Além do apelo à manutenção das estradas e de necessárias duplicações, precisamos buscar a Transnordestina, que promoverá o aumento do alcance da produção e menor custo de transporte”, defendeu. Diogo Moraes (PSB) fez um balanço histórico do desenvolvimento do Polo Têxtil pernambucano. “Ao longo dos anos, muitas conquistas foram obtidas, como regime tributário diferenciado, Adutora do Agreste e estradas, como a PE 160 e BR 104. O Governo do Estado olhou para a região e atendeu às demandas”, analisou, citando também a inauguração do 1º Batalhão Integrado Especializado (Biesp), sediado em Caruaru. Preocupação com o futuro dos trabalhadores do setor foi manifestada pelo parlamentar, que contou sobre uma indicação que fez ao Poder Executivo para solicitar cursos da Universidade de Pernambuco (UPE) para Garanhuns. O empresário Luverson Ferreira, que preside a Acic, falou sobre dificuldade de ordem tributária que atingem os produtores do polo e pediu agilidade na tramitação de projetos na Assembleia: “São demandas que temos passado para os secretários, e precisamos que a Assembleia atue para garantir as leis, que, com certeza, são fundamentais para o desenvolvimento do polo de confecções”. A Acic completa 99 anos de atuação este mês. Da Associação Comercial e Empresarial de Toritama (Acit), Douglas Costa defendeu a necessidade de pensar soluções que ampliem a capacidade de negociação dos produtores. “Nos últimos anos, o debate foi sempre muito pautado na produção, mas precisamos criar uma cultura de negócios também, estudando medidas melhores para logística e escoamento, por exemplo”, frisou. Atualmente, cursos profissionalizantes  estão sendo desenhados para o município, a exemplo do Forme Empresarial, destinado a potenciais empreendedores. Trinta vagas serão ofertadas no mês de maio para Caruaru. “Pretendemos avançar mais. Estamos ouvindo os municípios para promover cursos específicos que atendam às necessidades dos produtores, pois estudos apontam que é possível produzir ainda mais, numa perspectiva de ampliar em 20% o desenvolvimento da região do Polo Têxtil”, declarou Alberes Lopes, secretário estadual de Trabalho, Emprego e Qualificação. Contou, ainda, que um projeto de lei em benefício das micro e pequenas empresas está sendo elaborado pela pasta, em parceria com a Secretaria da Fazenda. “Trará impactos positivos para o setor”, adiantou. A demanda dos produtores pelo Aeroporto de Caruaru também foi respondida: “Neste momento, estamos em negociação com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e conversando com a empresa espanhola vencedora do leilão do Aeroporto do Recife”. Conclusão do Anel Viário de Caruaru, maior segurança nas estradas e ampliação do turismo na região também foram demandas elencadas durante o debate. De acordo com produtores, são comuns assaltos de veículos que transitam com carga entre as cidades. Presidente da Associação dos Sulanqueiros de Caruaru, Pedro Moura fez apelo pela maior pulgação nacional sobre o que é produzido na região: “Temos produtos de boa qualidade com preço bastante competitivo, mas é necessário trazer o cliente para o nosso Estado para que possamos vender” O prefeito em exercício de Caruaru, Rodrigo Pinheiro também acompanhou a audiência e pontuou ações implementadas pela gestão para reforçar o desenvolvimento do Polo Têxtil. No mesmo encontro, os parlamentares apreciaram o Projeto de Lei nº 66/2019, de autoria do Poder Executivo, e realizaram a distribuição de 11 proposições para parecer.
12/04/2019 (00:00)

Contate-nos

Rua dos Andradas  , 1560  , 16º andar
-  Centro
 -  Porto Alegre / RS
-  CEP: 90020-010
4003 84030800 880 8403
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia