Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

João Paulo faz balanço negativo da gestão do presidente Jair Bolsonaro

O aumento de sete pontos percentuais – de 17% para 24% – na rejeição ao presidente Jair Bolsonaro, segundo pesquisa XP/Ipespe, motivou discurso do deputado João Paulo (PCdoB) na Reunião Plenária desta quarta (20). Ele fez um balanço sobre os quase três meses de gestão, com críticas ao que considera “trapalhadas e declarações absurdas”. Na avaliação do parlamentar, Bolsonaro não está preocupado em governar o Brasil e enfrentar os problemas reais da população. O comunista criticou a proposta de Reforma da Previdência, o decreto que facilita a posse de armas e a perda de R$ 60 milhões com a anunciada isenção de vistos para cidadãos dos Estados Unidos, da Austrália, do Canadá e Japão. “As coincidências que apontam ligações entre a família Bolsonaro e milícias do Rio de Janeiro, o ‘laranjal do Queiroz’ e a pulgação de vídeo com conteúdo pornô durante o Carnaval estão entre as possíveis causas que estão fazendo a população ter uma visão diferente da que o elegeu”, disse. “O Brasil hoje é motivo de chacota nos noticiários internacionais”, emendou. No pronunciamento, João Paulo convidou, ainda, os colegas para a comemoração dos 97 anos do PCdoB, na próxima segunda  (25), no Centro de Convenções de Pernambuco. E assinalou que, no mesmo dia, os movimentos sociais estarão convocando “uma grande greve nacional”. Réplica – Também no Pequeno Expediente da Reunião Plenária, o deputado Antônio Moraes (PP) comentou o episódio em que o presidente Jair Bolsonaro compartilhou conteúdo pornográfico gravado em bloco de Carnaval em São Paulo. “O presidente errou quando mostrou aquelas imagens, mas infelizmente é o que a gente tem visto hoje. Porém, pelo menos, este Governo não está recebendo dinheiro para patrocinar gente nua fazendo arte para que as crianças toquem”, observou, referindo-se à performance “La Bête”, realizada em 26 de setembro de 2017 no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP), quando o coreógrafo Wagner Schwartz se apresentou com o corpo nu, permitindo a manipulação pelo público. A polêmica foi provocada por fotos e vídeos que se espalharam nas redes sociais em que uma criança interage com o artista.
20/03/2019 (00:00)

Contate-nos

Rua dos Andradas  , 1560  , 16º andar
-  Centro
 -  Porto Alegre / RS
-  CEP: 90020-010
4003 84030800 880 8403
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia